segunda-feira, 7 de maio de 2012

Maio mês das mães - Começando com uma mãe mais que ESPECIAL... Mari Hart

Nesse mês de Maio fiz um convite às mães blogueiras que fazem parte da minha lista semanal de visitas.

Uma das minhas maiores ídolas é a Mari Hart a Mãe Polvo. Além de ter 3 filhos, sendo uma dupla de gêmeos, um deles dá um trabalho maior pois é um anjinho especial, o Léo.

Assim a convidei para reblogar sobre essa experiência de ser "Mãe Especial". (Texto original publicado em 2 de abril de 2010). 
Então fiquem agora com as palavras lindas e tocantes da Mamãe Polvo:

Um filho "especial"






















Muitas pessoas me perguntam como é ser mãe de uma crianca especial. E agora eu respondo.

O primeiro momento é o do luto. Consigo mesmo. Afinal, nenhuma mulher sonha em ter um filho deficiente, e quando isso acontece a primeira reação é de espanto, surpresa. Muitas vezes tristeza e revolta, mas que com o tempo, podem ser transformadas em força para lutar em nome do amor único e incondicional: O amor de mãe.

Depois do breve luto é encarar de frente, levantar a cabeça e ir a luta. Uma luta diária, a cada minuto da vida, até nas coisas mais simples como dar um banho ou alimentar o bebê. Após esta fase, vem a busca pelo entendimento. 

"Porquê eu!?"
"Porquê nós!?"

Até descobrir a minha missão. E quem me mostrou qual era a minha missão (quem diria!), foi ele mesmo, esse serzinho tão pequeno e indefeso, mas tão grande e forte ao mesmo tempo. Ele me mostrou com seu sorriso nobre e contagiante que meu dever de mãe 'especial' é informar.

Informar que PARALISIA CEREBRAL não é uma doença e sim uma patologia. Informar que dá pra ser feliz sim com dificuldades e limitações. Informar que o amor é maior do que qualquer deficiência e que ele supera tudo inclusive um fantasma horrível, o fantasma do preconceito.

Mas qualquer pré-conceito é pequeno demais diante da grandiosidade e pureza desse menino que só veio para nos ensinar. Ensinar que vale a pena lutar pela vida, já que ele nasceu lutando. Lutou contra uma hemorragia intracraniana, contra uma infecção generalizada, contra a prematuridade e incompetência médica. Lutou, venceu e nos mostrou o quanto a vida é linda, só depende dos olhos de quem vê. Assim como meu filho é perfeito, aos meus olhos, perfeito pra mim!

Nada é por acaso!

O Leo só nos uniu, nos fortaleceu, nos tornou pessoas melhores e agradeço por isso todos os dias. Hoje nos sentimos prontos para tudo, indestrutíveis, graças a ele que se transformou em nosso alicerce.

Acredito que é nas dificuldades que conhecemos as pessoas e o Leo me fez ter mais do que nunca a certeza do meu amor pelo pai dele e ver o grande homem/pessoa que ele é. Quando ele tb tinha o direito de chorar, enxugou minhas lágrimas, na hora de maior desespero respirou fundo e segurou minha mão.

Quando eu estava grávida dos gêmeos, imaginavávamos os filhos crescendo, criados, casados e nós dois velhinhos viajando o mundo numa eterna lua de mel. Depois de tudo falei:

- "E agora!? Temos um eterno bebê."

E esse homem que tanto amo disse: 

- "Agora teremos companhia na nossa viagem!"

A PC do Leo é do tipo "tetraplegia espástica". Quer dizer que ele tem todos os membros afetados, ele é tetraplégico. Não anda, não senta, não segura objetos e nem temos previsão para isso. A parte cognitiva tb pode ser afetada, no caso dele sabemos que foi, só não sabemos o quanto. Mas tenho certeza que nunca vou subestimar meu filho! Leio pra ele, canto, brinco, conto histórias, explico as coisas mesmo sem saber se ele vai entender.

Essa "missão" não é nada fácil. A PC (paralisa cerebral) pode trazer outros problemas como: disfagia, pneumonia por broncoaspiração, refluxo, convulsão, distúrbios do sono, constipação, dificuldades visuais (o Leo não tem grande parte da visão), dificuldades sensoriais, enfim... é trabalhoso mas o pagamento é o sorriso mais meigo e encantador que já vi na minha vida!

As vezes tenho recaídas, claro sou um ser humano. Outro dia eu estava cochilando e no meio do sono olhei pra porta e "vi"o Leo entrando correndo. Acordei, levei um susto e comecei a chorar pq sei que isso não será possível. Aquilo me doeu muito. Mas dura pouco pq não me acho no direito de me sentir assim, seria muito egoísmo da minha parte, pq ele É muito feliz e o que importa é ELE, nada mais!

A prioridade da minha vida é o bem estar e felicidade deste menino, e sei que nesse campo estamos vencendo e isso me dá paz. Nada no mundo me faz mais feliz do que um sorriso daquele bichinho!

Esse é meu pequeno grande rapaz! O meu Leo!"

O link do post original é esse aqui

MUITO OBRIGADA MARI!!! Você merece todas as bençãos desse mundo pela contribuição que dá ao Léo, seus filhos todos e o MUNDO!

Feliz dia das mães e que Deus continue dando força pra vc e seu companheiro para criar esses anjinhos!

12 comentários:

Toninha Ferreira disse...

Linda a homenagem.
E parabéns a todas as mães.
Bjus

Débora Nunes disse...

Nossa que lindo! Adoro a Mari e o blog dela... Sempre faço uma visitinha...
E várias vezes me emociono ao ler seus post's... Parabéns Dani e Mari... Adorei o post!

Beijos
Débora

Carol Damasceno disse...

lindooooooooo.... lindaaaaaaaaaaaa...

Amei..

Bjos

Andreia Sales disse...

Carol,
Parabéns por trazer pra gente um relato tão lindo assim.
Mary parabéns por ser essa mãe guerreira.
Bjks

Aline Gago disse...

Dani,
Amei o post. E obrigada a Mari, por nos mostrar que devemos agradecer a Deus todos os dias filhos perfeitos que temos e que devemos valorizar cada momento com eles.
Beijinhos
Aline

Elaine Correa disse...

lindo lindo!
Parabens mamae do Leo!suas palavras sao verdadeiras tocantes!

Ana Claudia disse...

Lindo texto...a Mari realmente é uma mãe especial!!!

bj

Aline disse...

Lindo, emocionante, encantador!
Parabéns Mari, você é uma mãe muito, muito especial!

Cléo disse...

Dani, excelente ideia, parabéns. Mary lindo relato e sem Deus não somos nada, que ele abençoe cada dia mais sua linda família. Beijos
Cléo
http://eueosgemeos.blogspot.com.br/

Mari Hart disse...

Obrigada Dani!

Obrigada meninas!

Tamo junto, sempre!!! =)

Mãe Dipa disse...

Linda e emocionante história.
Pessoas evoluídas como você, fazem toda diferença no mundo.
que o Léo seja sempre feliz e lhe traga muito orgulho.
Beijos,
Mãe Dipa
http://dicasdamaedipa.blogspot.com.br/

Salua disse...

Quelinda homenagem amiga e que força hein, parabéns pela garra e pela criança linda que vc tem.
Beijos
http://mundodejanalbert.blogspot.com.br/2012/05/sorteio-da-party-time.html